Confira a Surpreendente História dos Espelhos!

Confira a Surpreendente História dos Espelhos!

Você decidiu decorar sua casa com espelhos deslumbrantes, mas você conhece a história dos espelhos? Então não perca!

Parece que o espelho é um item quase tão antigo quanto a própria humanidade, considerado pelos historiadores como um dos objetos mais consistentes dos tempos!

O espelho exerce função central em muitos aspectos da história humana como arte, arqueologia, medicina, psicologia, filosofia, tecnologia e, claro, na decoração (sobretudo da sua casa).

Por isso, é impossível passar por um sem pensar na história dos espelhos. Acompanhe agora!

Etimologia

A palavra espelho vem do latim “speculum” ou “specere” que significa ‘olhar’. No inglês e francês “miroir” derivam do latim “mirari” que significa ‘admirar’. Já os próprios romanos, no entanto, usaram a palavra “espéculo”, de “specere”.

Os Espelhos de Metal

Os espelhos eram usados ​​pelos antigos egípcios por volta de 3.000 anos a.C. Eles eram feitos de bronze polido moldado em discos redondos planos – em representação ao Deus do Sol – com cabos de madeira, metal ou marfim.

Da mesma forma, na China, um espelho de bronze fundido desenterrado foi datado de 2.000 a.C.

Mundo Vaidoso

Já na época de Sêneca (Império Romano 4 d.C), poucos espelhos eram suficientes para refletir a figura inteira de uma pessoa.

A maioria deles continuou sendo produzido como os espelhos compactos utilizados atualmente no universo cosméticos: bem pequenos, cabiam na palma da mão, vinham com um orifício para pendurar e eram guardados em caixa de metal com tampa para facilitar o transporte.

A história do espelho

Além de serem caríssimos, a ornamentação da caixa incluía a imagem dos deuses, especialmente Pan, a deusa da natureza, Eros, do desejo, e Afrodite, da beleza e do amor. Parece que algumas coisas relacionadas ao espelho nunca mudam, não é mesmo?! (Rs..)

Em todo o Japão medieval, os espelhos eram considerados objetos sagrados, usados ​​não apenas em rituais e exibições imperiais, mas também para afastar as maus espíritos e, quando colocados em santuários, para falar com os deuses.

Invenção dos Espelhos de Vidro

Os primeiros espelhos de vidro eram feitos de telhas de vidro ligeiramente curvadas e sempre coloridas, já que a química da fabricação de vidro transparente permanecia desconhecida.

Estas placas de vidro foram sobre formas de chumbo fundidas ainda quentes, cuidadosamente dimensionadas, com uma camada fina de folhas de metal polido entre as duas. Era um processo elaborado e impreciso, resultando em espelhos de reflexão fraca.

Somente por volta de 500 d.C é que o homem começou a criar espelhos de vidro um pouco mais claros e mais reflexivos usando amálgamas de prata-mercúrio. Exemplos de tais foram encontrados na China.

Mas outros mil anos se passariam antes que a fabricação se tornasse mais eficiente e menos mortal, sendo o mercúrio um dos elementos mais tóxicos do planeta!

A Evolução!

Foi na cidade de Veneza de 1373 que os fabricantes de espelhos começaram a melhorar seu ofício.

Manuseando amálgamas de estanho, prata e mercúrio, os trabalhadores encontraram o cristal de rocha, extremamente raros e penduraram na parede, admirados! Esse tipo de espelho era muito caro e encomendado apenas pela alta nobreza.

Veneza se tornou uma das maiores produtoras, e começou a ornamentar seus espelhos com molduras e bordas diferenciadas e uma supremacia econômica que durou quase dois séculos.

Contudo, o lucro provocou a concorrência e, em 1665, o Rei Luís XIV importa trabalhadores italianos e começa a produzir seus próprios espelhos fundando uma grande fábrica francesa.

Mas não pára por aí, esta iniciativa do “Rei Sol” francês originou uma das maiores obras artísticas do século XVIII: “La Grande Galerie” ou O Salão dos Espelhos, no Chateau de Versailles, que conta com 17 arcos espelhados, englobando 357 espelhos, refletindo 17 janelas contrárias.

Espelhos Além da Beleza

Você aprendeu que os espelhos refletem muito além da beleza, e conforme o tempo foi passando, este objeto foi ganhando novos significados e marcos históricos.

Hoje, ter espelho em casa é praticamente obrigatório, e nem é preciso ser tão vaidoso para isso. A história do espelho atual é de um artigo básico em qualquer residência e até empresa, sobretudo em banheiros e toaletes.

Entretanto, na história dos espelhos moderna, também é possível incluir sua funcionalidade decorativa, que ajuda a aumentar os ambientes onde ele é instalado. Quanto menor o espaço, e quanto maior o espelho, melhor será a sensação de amplitude.

A história do espelho

Comprar Espelho em BH

Independentemente do tipo de espelho que você precisa, básico, decorativo ou imponente, na Vidraçaria Água Branca, você encontra os melhores espelhos de Belo Horizonte.

Entre em contato para adquirir um Espelho de qualidade, confeccionado com materiais de alto nível de resistência, bom gosto e sofisticação:

Trabalhamos ainda com:

Agência de Marketing Digital - Criação de Sites - Otimização de Sites