Descubra Como o Vidro é Feito

Descubra Como o Vidro é Feito

Vidro não nasce em árvore, mas seus componentes vem da natureza. Este elemento aparentemente simples passou por muitas transformações antes de ganhar a forma que conhecemos. Mas como vidro é feito? Desvende agora esse mistério!

Sabemos que o vidro é um dos materiais de construção e decoração mais populares que existe, mas antigamente não era bem assim: há milênios atrás os vidros eram verdadeiras jóias!

Com o tempo, a variedade de aplicações fez com que ele se tornasse muito comum para portas, janelas, box de banheiro, varandas, mesas, veículos, eletrodomésticos e até computador e celular.

Num passado longínquo, as coisas eram bem diferentes. Para nossos distantes ancestrais, o vidro era muito raro, bastante procurado e extremamente valioso.

Ficou curioso para saber como o vidro é feito? Esse artigo incrível vai te explicar tudo, tim-tim-por-tim-tim.

A História do Vidro

Para os povos que habitaram os primeiros continentes, o vidro era uma ferramenta muito útil e de alto valor formado por rochas vulcânicas.

70% de sílica concentrada (areia e outros minerais) era parte da composição desta rocha, conhecida como obsidiana, uma verdadeira pedra preciosa!


Como o Vidro é Feito: vidro Vulcânico, rocha obsidiana.

Esculpido naturalmente nos arredores dos vulcões, os fragmentos de rocha obsidiana representam o primeiro vidro da história, e serviam como uma arma muito afiada e poderosa!

Agora, vamos fazer um tour histórico para entender como o vidro é feito, continue acompanhando.

Fabricação dos Primeiros Tipos de Vidro

Na Mesopotâmia e outras regiões do Egito Antigo foi onde surgiram as primeiras evidências arqueológicas sobre a fabricação do vidro.

Naquele tempo, os únicos produtos de vidro eram objetos pré-fabricados ou esferas (como adorno de contas), formadas acidentalmente nos primeiros processos de metalurgia.

Para você ter uma ideia, há cerca de 5 mil anos, mais precisamente no fim da Idade do Bronze, o processo da concepção do vidro começou a ser um pouco mais organizado.

Nesta fase, sua fórmula primitiva já era despejada em recipientes para adquirir formatos variados.

Contudo, era um trabalho lento e complexo, o que tornava os primeiros vidros fabricados ainda mais raros e disputados!

Produção de Vidro Evolui

O divisor de águas veio no Século 1 A.C., quando trabalhadores sírios e palestinos descobriram a arte de resfriar o vidro – o que te dá uma pista sobre como o vidro é feito até hoje.

De fato, esta invenção mudou bastante a produção, fazendo com que o vidro se tornasse mais barato e amplamente difundido.

Um exemplo que contribuiu para isso foi a conquista da Judéia pelos romanos em 63 A.C., levando a nova técnica aos territórios do Império Romano da Antiguidade e, posteriormente, para toda a Europa.

Neste período greco-romano, por exemplo, o vidro era tão apreciado que passou a ser usado não só em contêineres e jóias, mas também nos projetos arquitetônicos.

Séculos à frente, em 100 D.C., outra descoberta: os alexandrinos desvendam o segredo do vidro transparente, otimizando a fabricação e aumentando sua utilidade significativamente.

Até então, você acha que já sabe como o vidro é feito e está tudo pronto? Muita calma nessa hora.

Afinal, como o Vidro é Feito?

De fato, a fabricação de vidro nos tempos modernos não mudou tanto desde que foi descoberta nesta região do Egito e Pérsia.

Basicamente, ele ainda é feito com areia (mistura de sílica, carbonato de sódio e cal), e aquecido no forno com temperaturas para ser resfriado e moldado em qualquer tipo de fôrma.

O que muda em como o vidro é feito atualmente, comparando com a antiguidade, é que hoje este sistema prático é valorizado com aditivos diferenciados.

Dessa maneira, componentes diversos podem alterar as propriedades do vidro seja para acrescentar cor, textura, aumentar sua qualidade e resistência, entre outras demandas modernas.

Produção de Vidro nos Dias Atuais

Logo, as técnicas de fabricação de vidro mais recentes abrangem, basicamente, 3 métodos conforme abaixo:

  • Objetos e Vidros Decorativos → o vidro é cuidadosamente manuseado em três períodos distintos, onde primeiro ocorre uma fusão de matérias-primas; depois ele é despejado e resfriado em moldes específicos, e por último recebe a finalização conforme o tipo de utilidade;
  • Fabricação do Vidro Float → neste caso, o vidro é colocado em uma superfície do metal fundido (estanho ou chumbo) para ficar bem plano para utilização em janelas e portas, por exemplo;
  • Resfriamento Manual de Vidro →  recurso manual usado principalmente para a criação de objetos de arte e outros utensílios de vidro personalizados.

Após as etapas mencionadas, as peças de vidro modernas ainda podem ser revestidas, receber gravação, estampa, decoração e outros tipos de tratamentos térmicos de acordo com sua especialidade.

Agora que você já descobriu como o vidro é feito em períodos históricos e na atualidade, deixe um comentário contando o que achou deste artigo. 😉

Agência de Marketing Digital - Criação de Sites - Otimização de Sites